Quem Somos e Objetivos

Somos alunos do curso de Administração do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG). Este blog é fruto de um projeto didático criado pela professora Fernanda Machado Freitas (Teoria Geral da Administração) e apoiado pelo professor Jorge Quintão (Informática). Temos por objetivo torná-lo uma espécie de diário estudantil, onde dividiremos com outras pessoas interessadas no assunto os conhecimentos aprendidos enquanto estudantes e experiências enquanto administradores e profissionais, que buscam uma carreira de sucesso. Agradecemos aos professores responsáveis pelo projeto a oportunidade de crescimento como administradores, uma vez que o blog nos propicia novos meios de informação e nos prepara para o trabalho em equipe, muito importante em toda organização.

Esperamos que o blog enriqueça seus conhecimentos sobre a administração e sua ampla área de atuação!


Criticas e sugestões são muito bem-vindas, deixe seu recado.

Colapso da GM é "100%" impossível

O presidente-executivo da Suzuki Motor, Osamu Suzuki, afirmou nesta quarta-feira que acredita que um pedido de concordata da General Motors, ex-principal acionista da montadora japonesa, é "100 por cento" impossível.
"Não estamos absolutamente assumindo um cenário em que a GM peça concordata", afirmou Suzuki a jornalistas em coletiva de imprensa em Tóquio.
"Eu acredito que está 100 por cento fora do domínio da possibilidade", disse ele, repetindo que as duas montadoras vão continuar a trabalhar juntas no desenvolvimentos de tecnologias futuras de segurança e meio-ambiente.
A GM, que já deteve o controle de 20 por cento da Suzuki, vendeu os seus últimos 3 por cento de volta para a montadora japonesa na última semana, em busca de dinheiro para evitar ter de entrar com pedido de concordata.
A parceria entre GM e a fabricante japonesa de carros de pequeno já dura 27 anos e ainda envolve mais de 10 projetos conjuntos, incluindo a produção pela Suzuki de marcas da Opel e a propriedade conjunta de uma fábrica na Argentina.
A GM, que está buscando um pacote de resgate do governo norte-americano, registrou no começo de novembro perdas acima do esperado, e alertou que poderá enfrentar escassez de recursos no próximo ano se não receber ajuda.

1 comentários:

Alex disse...

Vi o comentário do Bráulio no meu blog e resolvi retribuir a visita. Surpreso ao me deparar com uma iniciativa tão legal vinda de alunos da administração. Também sou bacharelando em Adm. Pública na Fundação João Pinheiro, e fico feliz em saber do interesse dos meus colegas =)

Peço que me adicionem no orkut, pra poder trocar figurinhas hahah

O perfil é Alex Bretas (não devem ter muitos)

Saudações!